21 de setembro de 2011

Especial Halloween/Dia das Bruxas: Como tudo começou

Falta menos de um mês para o Dia das Bruxas/Halloween, mas os preparativos das festas começam muito antes disso. São vários detalhes que devem ser resolvidos: a escolha da fantasia perfeita, a festa, a decoração, comidas especiais para a data, tudo isso requer um tempo antecipado para que tudo saia bem.
Esse especial contará com vários posts que irão auxiliar as pessoas que vão fazer ou participar da festa, ou até mesmo quem tem apenas curiosidade de conhecer mais sobre os significados.

Como tudo começou...
Ao contrário do que muita gente pensa, o Halloween não é originado dos EUA e não tinha nenhuma relação com as bruxas. Era um evento comemorado do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain (significa "fim do verão"), celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão. A data era sagrada para os celtas, pois A noite dos mortos celebrava o que para nós é o céu e a terra. Entre o pôr-do-sol de 31 de outubro e o amanhecer do dia 1º de novembro, ocorria a noite sagrada - em inglês hallow evening. Por este motivo acredita-se que essa noite passou a ser chamada de noite de Halloween. As bruxas só entraram na tradição do Halloween por volta da Idade Média, quando a Inquisição perseguiu homens e mulheres pagãos. Estes pagãos recebiam o nome de bruxos e eram queimados na fogueira. Com o tempo, os imigrantes descendentes dos celtas, em sua maioria irlandeses, levaram essa tradição aos Estados Unidos e agora vários países do mundo comemoram a festa de Halloween/Dia das Bruxas.
"A celebração do Halloween tem duas origens que durante a História foram se misturando, a Pagã e a Católica."

Os significados

Lua Cheia: Acreditava-se que a lua cheia marcava a época de praticar certos rituais ocultos.

Gato: estava associado as bruxas por superstição, acreditava-se que elas poderiam transferir seus espíritos para os gatos, muitos eram mortos quando se suspeitava ser uma bruxa. Originalmente a cor do gato não tinha nenhum significado.

Cabeças de abóbora: A lanterna feita com uma abóbora recortada em forma de "careta", veio da lenda de um homem chamado Jack, a quem foi negada a entrada no céu, por sua maldade, e no inferno, por pregar peças no diabo. Condenado a perambular pela terra como espirito até o dia do juízo final, Jack colocou uma brasa brilhante num grande nabo oco, para iluminar-lhe o caminho através da noite. Este talismã (que virou abóbora) simbolizava uma alma condenada.
Morcego: por sua habilidade de perseguir sua presa no escuro, adquiriu a reputação de possuir forças ocultas. No período medieval acreditava-se que demônios transformavam-se em morcegos.

Doçuras ou travessuras: acreditava-se na cultura celta que para se acalmar espíritos malignos, era necessário deixar comida para eles. Havia na Irlanda a tradição, que um homem conduzia uma procissão para angariar oferendas de agricultores, a fim de que sua colheitas não fossem amaldiçoadas por demônios. Uma espécie de chantagem, que deu origem ao "doçuras ou travessuras" "Trick or Treat". A brincadeira é originária de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar). No dia 2 de Novembro, Dia de Todas as Almas, os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma). Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por um certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam a ir para o céu.
Fantasias: usavam porque acreditava-se que isso enganava e assustava os espíritos malignos. Em outras culturas pessoas usavam máscaras para assustar demônios que acreditavam trazer desastres.

Fogueiras: nas celebrações de Samhain nos dias 31 de outubro, os druidas acreditavam poder ver boas coisas e mal agouros do futuro através do fogo. Observando a posição dos corpos em chama, eles diziam ver o futuro.

Caldeirão: fazia parte da cultura e dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos.

Moedas: Devem ser recolhidas no final da festa para serem doadas aos necessitados. Os bilhetes com os pedidos, devem ser incinerados para que os pedidos sejam mais rapidamente atendidos, pois se elevarão através da fumaça.

Bruxas:  segundo várias lendas, as bruxas reuniam-se duas vezes por ano, durante a mudança das estações: no dia 30 de Abril e no dia 31 de Outubro. Chegando em vassouras voadoras, participavam de uma festa chefiada pelo próprio Diabo. Elas jogavam maldições e feitiços em qualquer pessoa, transformavam-se em e causavam todo tipo de transtorno.

*Fonte de informações: Wikipédia e Google.

Beijos!

4 comentários:

Menina Fulô disse...

Não gosto muito do dia do Halloween, tenho muito medo dessas coisas! hahaha..
Adorei a historinha :*

http://meeninafulo.blogspot.com/

:*

Sophia Alves.

re_becah disse...

tenho que contar essa história pros meus alunos sempre heh


Beeeijooo

http://re-becah.blogspot.com

Letícia disse...

adoreiiiiiii :)

beijão, Letícia
http://caseieagoraa.blogspot.com

eneida disse...

o iniciu da hstoria nao tinha nada a ver com bruxas! revelaçao gente. rsrs

http://sweetfashionrock.blogspot.com/